Sport perde em Vitória e se complica

21-03-2011 23:48

Após uma semana inteira dedicada apenas aos treinamentos, o Leão da Ilha fez um papelão. O G4 novamente vira alvo distante, caso não consiga alcançá-lo, o Rubronegro ficará abaixo dos quatro primeiros lugares pela primeira vez na era profissional do futebol do estado, iniciada em 1937. 

O Sport realmente corre risco de ficar de fora da semifinal do Estadual. A probabilidade de isso acontecer sempre foi minimizada, pela grandeza do time e a certeza inabalável de que a equipe se recuperaria. E até houve recuperação, no entanto, ela foi simplesmente paralisada. 

Restando apenas cinco rodadas para o fim da fase, os jogadores rubro-negros ainda não conseguiram um equilíbrio nesta temporada. Já são 19 jogos (17 pelo Estadual e dois pela Copa do Brasil), os Leoninos, enfrentado Salgueiro e Araripina em casa e Vitória fora, tirando a goleada sobre o Araripina o Sport ainda não conseguiu mostrar um bom futebol, só marcaram quatro pontos. A derrota para o Vitória, somada ao triunfo do Porto sobre o Central deixou o time a quatro pontos da quarta colocação na tabela.

 Hélio dos Anjos vai ter muito trabalho para conseguir o tão sonhado Hexa

 

O técnico Hélio dos Anjos foi direto sobre a fraca atuação do Sport contra o Vitória. Enquanto os torcedores protestavam do lado de fora do vestiário, o treinador foi duro na sua análise. "Ninguém espera uma derrota, mas foi merecida. Em nenhum momento tivemos o controle do jogo. Não tivemos lucidez". 

"Não podemos reclamar do campo ruim, do juiz, não podemos reclamar de nada. Um time técnico tem a obrigação de se adaptar a qualquer condição de campo. O que não é uma obrigação de uma equipe mais fraca, com todo o respeito ao Vitória, que venceu, repito, merecidamente". completou o técnico. 

Faltando cinco jogos, sendo quatro confrontos diretos contra os que estão no G4, ou seja, mais dificuldade à vista. Mais do que uma derrota, o revés diante do Vitória complicou de vez a vida do Sport na luta pelo Hexa. A situação é preocupante, mas, ainda é reversível. Se há uma coisa que o torcedor do Sport pode fazer nesse momento é apoiar. Comparecer à Ilha do Retiro contra a Cabense para ajudar na urgente reabilitação, além de secar os adversários que estão no G4, já que o Sport não depende mais dos próprios resultados.

Voltar

Procurar no site

F7000 © 2014 @f7000site Todos os direitos reservados